Ferramentas de acessibilidade

Prefeitura decreta situação de emergência no município devido à estiagem

A prefeita Ziania Bolzan assinou nesta segunda-feira, 16 de janeiro o Decreto Municipal nº 3.941, que declara situação de emergência no município de São Pedro do Sul devido à estiagem. A decisão está baseada em dados técnicos do relatório de perdas em função da estiagem, elaborado pelo Conselho de Desenvolvimento Municipal (Condec)

Conforme o relatório do Condec, as perdas financeiras no município até o momento chegam a R$ 73.693. 000, 00 (setenta e três milhões seiscentos e noventa e três mil reais). Ainda segundo o Conselho, a perda na cultura de soja corresponde a  40% das lavouras e na produção de milho 60%. Na cultura de fumo, a perda equivale a  35%, nas lavouras de arroz o índice chega a 10% e na produção de leite cerca de 30%.

De acordo com a secretária de Agricultura, Regina Hernandes, até o momento um total de 30 famílias estão sendo atendidas com o fornecimento de água potável e 10 famílias com água para os animais. Cerca de 440 mil litros de água já foram transportados para localidades do interior do município, através do caminhão da Secretaria de Obras. Segundo Regina a previsão é a de que mais famílias sejam atendidas nos próximos dias.

 O decreto de emergência vai possibilitar ao município solicitar o apoio do governo do Estado no atendimento às famílias atingidas da zona rural. Confira o Decreto Municipal nº 3.941 na íntegra, no arquivo:

DECRETO_3941-SITUAÇÃO_DE_EMERGÊNCIA_ESTIAGEM.pdf

 

site 01

A prefeita Ziania assinou o decreto de emergência

nesta segunda-feira, 16 de janeiro

site 5

O transporte de água para o interior do município é realizado através

do caminhão da Secretaria de Obras

site 4

Em torno de 30 famílias estão sendo atendidas com o fornecimento de água potável.

Esse número deve aujmentar nos próximos dias

site 3

As perdas já podem ser percebidas nas lavouras de diferentes culturas 

 

* Por Andressa Scherer Tormes / Assessoria de Comunicação

 

Search