Eleitores devem estar com título de eleitor regularizado para votar na eleição do Conselho Tutelar

Uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai fazer com que os eleitores que tenham pendências com a Justiça Eleitoral regularizem sua situação. Nas eleições de outubro para o Conselho Tutelar, serão utilizadas urnas eletrônicas, por isso a relação de eleitores do município será inserida nas urnas, sendo necessário aglutinar o cadastro de acordo com o número de seções.

Os dados serão processados até o próximo dia 7 de julho, domingo, portanto, os eleitores têm até este dia para regularizarem sua situação, procurando o Cartório Eleitoral do município. Após os dados serem liberados pelo sistema, a listagem dos eleitores aptos será solicitada ao TER-RS.

De acordo com o Edital 03/2019 do COMDICA, os eleitores deverão estar com o título regularizado para poder participar da escolha dos cinco novos Conselheiros Tutelares.